domingo, 6 de junho de 2010

Mensagem do Tio do Oliver

Amigos(as)

O problema de fornecimento de plaquetas do tipo sangüíneo A+ está encaminhado. Com a ajuda de TODOS vocês, temos conseguido manter a quantidade necessária para continuarmos o tratamento do Oliver.

Uma das alternativas de tratamento para a sua aplasia de medula é o transplante de medula óssea (TMO) e, por isso, estamos abrindo uma nova "frente de batalha".

DESTA VEZ, O PEDIDO É NACIONAL E ATÉ MESMO INTERNACIONAL, haja vista que o banco de medulas é de consulta nacional e internacional.
,
Para a doação de medula a TIPAGEM SANGÜÍNEA É IRRELEVANTE, portanto, TODOS NÓS, ENTRE 18 E 55 ANOS, SOMOS DOADORES EM POTENCIAL, ESTEJAMOS AONDE ESTIVERMOS.

Quanto maior o número de candidatos, maior será a chance de encontrarmos alguém compatível. OUTRO FATOR MUITO IMPORTANTE NESTE NOSSO CASO , É QUE, POR RAZÕES GENÉTICAS, A PROBABILIDADE DE SUCESSO NA BUSCA É MAIOR EM GRUPOS DE MESMA ANCESTRALIDADE. É FUNDAMENTAL, PORTANTO, O ENGAJAMENTO DA COMUNIDADE JUDAICA.

O cadastramento é muito simples: consiste no preenchimento de uma ficha com nome, endereço e assinatura, e uma coleta de sangue indolor, de uma veia do braço,, de uma amosra de apenas 5 ml, feita em 1 minuto, como para um exame de sangue comum.

O tempo é um de nossos maiores adversários nesta luta. A fim de facilitarmos o deslocamento daqueles que desejem colaborar, estamos disponibilizando uma van que estará circulando, de hora em hora, à partir das 07:00 Hs desta próxima 4a feira, dia 09 de junho, saindo do CIB com destino ao INCA, no centro da cidade. O último horário de partida do CIB será às 13:00 Hs. Estou disponibilizando meu celular 8742 3701 para quem desejar confirmar/reservar lugar na Van, pois estamos limitados a 14 lugares por viagem

Aos que puderem comparecer por conta própria, poderão fazê-lo de 2a a 6a feira, das 07:30 Hs às 14:30 Hs, ou no sábado, das 08:00 Hs às 12:00 Hs. O endereço é Praça Cruz Vermelha, 23 - 2o andar. Informações podem ser obtidas no site http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=64

O procedimento para o cadastramento é super simples e qualquer pessoa pode se habilitar, conforme vocês poderão verificar após a leitura do texto abaixo:

NÃO HÁ RESTRIÇÃO DE TIPO SANGÜÍNEO PARA A DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA. O critério para a
compatibilidade é o "fator HLA" que é obtido de maneira muito simples
conforme explicado abaixo:

A compatibilidade é definida quando duas pessoas compartilham os
mesmos Antígenos Leucocitários Humanos, designados HLA.

Os três marcadores HLA que importam para evitar a rejeição de um
transplante são os genes do cromossomo 6: HLA-A , HLA-B e HLA-DR.

Entre irmãos de mesmo pai e mesma mãe, a chance de haver
compatibilidade é 1/4, pois tanto o pai quanto a mãe passam apenas um
de seus dois cromossomos para o filho.

Mas não tendo irmãos, a chance de outro indivíduo ter a mesma
combinação é muito difícil. Ter um irmão de sangue é como acertar na
loteria. Estima-se que a probabilidade de dois indivíduos terem o
mesmo HLA é de cerca de 1/100.000.

Por isso, quanto mais pessoas se cadastrarem como candidatos a doação,
maior é a probabilidade de vidas serem salvas.

No Rio de Janeiro, o cadastramento é feito no Hemo-Rio (Rua Frei
Caneca, 8) ou no Inca (Praça da Cruz Vermelha). A NÍVEL NACIONAL,
OS ENDEREÇOS PODEM SER ENCONTRADOS NO SITE

http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=2604

8 comentários:

  1. Queridos, sou doadora de medula óssea, moro em Mato Grosso, não sei como é feito o procedimento para busca de alguém compatível, mas farei o possível para divulgar a mensagem por aqui. Abraços e muita luz.

    ResponderExcluir
  2. Oi, meu tipo sanguíneo é A+. Tenho 20 anos, nunca tive hepatite e creio que sou uma doadora em potencial para o Oliver. Tenho 372.000 plaquetas conferidas no último exame de rotina, de morfologia normal...Mas eu moro em Campina Grande-PB. Vi essa campanha pelo twitter e me sensibilizei. Ele tem apenas 21 anos, tem um futuro pela frente... Gostaria de saber como faço pra ajudar.
    Meu e-mail é maraujo.juliana@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. olaaa!!! meu nome é paula chaves de araujo e sou amiga do oliver desde que nasci, estou aqui pra falar que eu ja fui la, ja fiz o teste de compatibilidade e agora é so torcer! ele vai se recuperar sim! com a ajuda de todos nos vamos conseguir! tambem sou A+ e quando fui fazer o teste nao pude doar sangue por cuasa de remedio da bronquite mas assim que der estou indo la!!!! beijos e forca oliver!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá!!

    Eu doei 2x a medula para o meu irmão Fabbinho...isso tem quase 19 anos. Éramos 3, minha irmã não foi compatível, por sorte eu fui, aí não precisou procurar. Doei no Hospital do cancer (INCA). Depois tivemos que fazer outro transplante fora do Brasil, pois o hospital não tinha recurso para a doença dele. Fizemos uma campanha e arrecadamos tudo que era preciso para um novo transplante. Fizemos o transplante no Hospital Hadassa, em Jerusalem(ISRAEL). Mesmo assim depois de muito sofrimento D'us achou que era a hora dele ir embora. Parece que foi ontem. Morro de saudades dele, era um irmão brilhante e iluminado. Um menino muito doce. Infelizmente ou felizmente D'us sabe das coisas. Se pudesse faria tudo de novo.
    Vou rezar pelo Oliver, que tudo corra bem. Pensamento positivo!!!

    ResponderExcluir
  5. gladisber@gmail.com9 de junho de 2010 05:53

    Minha filha passou por este processo faz 6 anos e esta curada . Devido ao fato do garoto ser de origem judaica será que aqui em Israel as chances de encontrar um doador talvez fossem maiores . Tentaram a Organização Ezer MeTzion ? http://www.ezermizion.org/Bone_Marrow_Donor_Registry/
    Qualaquer ajuda que precisem aqui em Israel estou a disposição de vcs . Carinhos e muita saude para o Oliver .

    ResponderExcluir
  6. Também sou doadora de medula. Conseguimos uma boa movimentação no Rio, em especial Niteroi.
    Nosso querido Gabriel conseguiu doação por cordão umbilical. Está em tratamento e bem. Sucesso! A luta continua sempre! Esclarecimento!

    Encontrei hoje esta ação interessante:

    Arte que promove a conscientização de estudantes

    ( Curitiba, Paraná, Brasil - Comunique-se - ) Promover a conscientização dos estudantes sobre a importância da doação de órgãos. Este é objetivo da apresentação da peça teatral “Procura-se uma Estrela”, que acontece nesta quarta-feira, às 9h, no Colégio Saint Michel. A montagem é uma iniciativa do LIGH UFPR (Laboratório de Imunogenética e Histocompatibilidade do Departamento de Genética da Universidade Federal do Paraná) e trata da doação de medula óssea de forma inteligente e divertida.
    A ação, promovida pelo Colégio Saint Michel, faz parte do projeto Teia da Vida, que a cada ano aborda um assunto relacionado à responsabilidade social com os alunos e em 2010 tem o foco na doação de medula óssea. Os estudantes já assistiram palestras, filmes, fizeram pesquisas e participaram de uma caminhada para sensibilizar as pessoas sobre o tema.
    “Sabemos que o transplante de medula óssea muitas vezes é o único tratamento para leucemias e outros doenças do sangue. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), cerca de três mil pessoas no Brasil aguardam por este transplante, por isso nós do Colégio Saint Michel resolvemos investir no tema. Acredito que muitas vezes, por falta de informação, acaba diminuindo relativamente o número de doadores de medula que poderiam ser compatíveis com os portadores de doenças do sangue”, afirma a diretora pedagógica da instituição, Jacinta Caron.

    ResponderExcluir
  7. Hoje fui até o hemorio fazer o cadastramento, mas infelizmente cheguei lá 12:30 e era só até 12:00. Corrijam a informação aqui do blog q diz q é até 14:30...
    Vou voltar lá para me cadastrar.

    Boa sorte pro Oliver!

    ResponderExcluir
  8. Meu nome é Hugo sou da ciade de Goiatuba goias tenho 24 anos de idade, ontem na minha casa eu estava asistindo ao jornal de SP, e me deparei com a reportagem que falava do OLIVER e do problema de saude dele, olha em 2006 depois de alguns exames foi diagnosticado que u tinha APLASIA DE MEDULA OSSEA, fiz tratamento com imunusupressores e com um medicamento chamado globulina antilifocidica ( GAL), e hoje estou curado meus exames sao de uma pessoa que nunca teve problema de saude, minha intenção qui e deixar uma mensagem de otimismo pra vc OLIVER e pra toda sua familia, que é so ter fé que com certeza Deus fará o resto, e quando vc menos esperar estara curado assim como eu estou, seja atraves do medicamento ou atraves de transplante... meu msn é hugo_alves13@hotmail.com, estarei ezando por vc!!!! Um grande abraço Fique na paz de Deus.

    ResponderExcluir